Agritechnica 2023: SaveFarm apresenta pulverizadores de IA que reduzem o uso de pesticidas em 95%
vantagens da pulverizacao seletiva com savefarm

Marketing SaveFarm®

0

novembro 16, 2023

A empresa brasileira SaveFarm, do Grupo Eirene Solutions, apresentou uma solução de inteligência artificial (IA) que otimiza a aplicação de agroquímicos, transformando equipamentos tradicionais em pulverizadores inteligentes. A tecnologia foi lançada na Agritechnica 2023, uma das maiores feiras agrícolas do mundo, que teve cobertura da AgroPages.

Segundo o fabricante, a tecnologia é compatível com todos os tipos de pulverizadores disponíveis no mercado e resulta em redução de até 95% no uso de agrotóxicos no pré-plantio. O sistema SaveFarm conta com sensores com câmeras de alta resolução instaladas nas barras de pulverização. Com o apoio de IA pré-treinada, pode ser realizada uma leitura superficial do solo, identificando ervas daninhas e outras pragas nas lavouras, bem como áreas onde é necessária a aplicação de defensivos agrícolas. Os operadores das máquinas podem monitorar todo o processo, receber diagnósticos e parametrizar as operações por meio de uma interface gráfica touchscreen instalada na cabine do pulverizador. A tecnologia de pulverização seletiva da SaveFarm pode ser utilizada em diversas culturas, como soja, milho, algodão, cana-de-açúcar, eucalipto e outras.

Eduardo Marckmann.jpg

Eduardo Marckmann, CEO da SaveFarm

“O sistema se adapta a qualquer cenário e pode ser utilizado em diferentes fases do cultivo, identificando até ervas daninhas em lavouras maduras. Nosso objetivo é promover a agricultura de precisão, usando a tecnologia como aliada dos agricultores”, explica Eduardo Marckmann, CEO da empresa, que iniciou recentemente o seu processo de internacionalização. De acordo com estudos de campo conduzidos pela SaveFarm, o uso da IA ​​na pulverização seletiva de culturas resultou em economias significativas de custos para as propriedades rurais, particularmente em termos do uso de produtos químicos agrícolas.

26C7A781-23E5-483C-B1F3-9C16CE279CDB.jpg    SalvarFarm 2.jpeg

Além dos benefícios económicos, a solução também pode salvar o ambiente ao gerar menos resíduos de embalagens, reduzindo assim a contaminação do solo e da água. Devido à alta precisão na aplicação de defensivos, há também redução no consumo de combustível, pois não há necessidade de retornar diversas vezes à base para reabastecimento.

Salvar Fazenda 5.jpeg.jpg

A IA da SaveFarm também pode ser usada para irrigação localizada, promovendo o uso racional dos recursos hídricos. “Garantir a produção de alimentos com o menor impacto ambiental possível é uma das questões mais urgentes hoje, e a tecnologia está disponível para ajudar em escala global. Notavelmente, o tema da Agritechnica deste ano é ‘produtividade verde’, e esperamos contribuir para esta discussão apresentando nossa solução no evento”, disse Marckmann.

Salvar Fazenda 3.jpeg.jpg

A participação da indústria brasileira na Agritechnica vem crescendo a cada edição e, este ano, mais de 20 expositores brasileiros estão presentes no evento que começou domingo (12) em Hannover, na Alemanha. “Visitamos a feira em 2019 e agora voltamos como expositor para demonstrar a tecnologia que desenvolvemos aqui no Brasil, ao lado de grandes players do mercado global de agricultura de precisão. Nosso objetivo é ampliar nossa presença no mercado e encontrar novos parceiros de negócios, principalmente na Europa e Ásia”, concluiu Marckmann.

SalvarFarm.jpeg

(Edição de Leonardo Gottems, repórter da AgroPages)

Confira os últimos artigos publicados

A conservação do solo na agricultura e suas práticas

A conservação do solo na agricultura e suas práticas

A conservação do solo na agricultura se refere às ações e técnicas empregadas para proteger e preservar a camada superficial da terra, impedindo sua degradação e promovendo sua saúde e fertilidade a longo prazo. Na agricultura, a conservação é diretamente influenciada pela rotação de culturas agrícolas, plantio direto sobre a palha, presença de cobertura vegetal, terraços, plantio em nível e uso consciente de químicos que preservam a microbiota e aumentam a sustentabilidade do sistema.

ler mais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *